Influencia lunar

A frescura verdejante vai cobrindo a paisagem...o manto verde, a copa das árvores, desabrocha numa paleta de cores e aromas perfumados.

A euforia da passarada, o zumbido dos insetos deixam adivinhar a chegada da Primavera.
Repete-se o ciclo reprodutivo da renovação.A terra anuncia-se fértil, é tempo de lhe lançar sementes.

As carateristicas do terreno, posição geográfica, chuvas intensas, temperaturas demasiado altas ou baixas para a época, são alguns fatores que condicionam o maior ou menor sucesso das culturas.

A sabedoria popular, o meu amigo Reis, acrescenta-lhe outra variante - influencia lunar -

Homem já de muitas culturas, há muito se rendeu ao encantamento da terra. Entre a vinha, o olival e os hortos, do tempo que lhe sobra, pouco lhe resta.

Aproximando-se com ar sério, reservado, delineando traços de postura militar, registos de outrora, que o passar dos anos quis preservar...fitando-me por instantes, lá vai dizendo, em jeito de advertência :


- Andei a espreitar o Terramanhada...tens de dizer que na Lua Nova não se semeia nada !
Lua Nova

-Pois é Reis...eu não costumo ligar muito a essas questões da Lua...semeio, planto, quando tenho tempo disponível e oportunidade. Mesmo assim, as colheitas não vão sendo más.
Mas tens razão ! A Lua tem a sua influencia, lá do alto do seu podium, é ela que vai orquestrando a sinfonia da vida !
Então, mas diz-me porque é que na lua nova  não se deve semear nada ?

- Ganha tudo muita rama e não produz nada ! Os frutos são poucos e não se desenvolvem como deve ser.

- Bem...! Então, já agora se não te importas, dás-me mais umas dicas sobre a lua, p'ra pôr no Terramanhada !
Lua Cheia

- Podes ir ver ao Almanaque, está lá tudo.
- Eu sei...! Mas diz -me tu que eu vou tomar nota.

- As batatas...nunca ouviste dizer, « semeadas na lua cheia, cova cheia » ?
Mas também se podem semear no minguante.  

- Então, e no quarto crescente ?

- Oh pá...! Plantam-se tomateiros, pimentões, semeia-se feijão, favas, ervilhas, abóboras, melancias, melões, pepinos, milho...até a fruta sabe melhor, mais suculenta, é também a melhor altura para enxertar.

Quarto Crescente
- E no minguante ?
Quarto minguante

- No quarto minguante, semeia-se batatas, planta-se o cebolo, couves de horto ou galegas, como lhe chamam também...alfaces...tudo o que pode vir a espigar !
A poda da vinha  também se deve fazer  no minguante, as videiras perdem menos seiva...e se forem podadas à tarde, vão cicatrizando durante a noite.

- Oh, Reis ! E a madeira, para madeiramento, corta-se no minguante ou no crescente !?

- A madeira...ouve-se dizer "os antigos", para o madeiramento das casas, era cortada no minguante de Janeiro. Escolhiam as árvores de casca mais fina, menos rugosa, indicando um crescimento mais lento, com madeira  mais enxuta, mais resistente á deteoração e ao bicho.
O soalho da casa da minha avó, tem quase 200 anos, e não se vê uma tábua podre !
E sabes...? O choupo, é uma madeira muito boa para madeiramentos...é leve...e eterna , se for aplicada ao enxuto.

A muda do vinho, para passar a limpo, tambem deve ser feita no minguante, de Janeiro a Março...até as galinhas se devem por a chocar no minguante.

- Então, mas em que altura começa o minguante, é logo a seguir á lua cheia !? 

- Sim, a seguir á lua cheia, vêm o minguante, mas deve-se considerar só passados quatro ou cinco dias, quando ela começa a diminuir a influência na Terra…no crescente, basta passar dois ou três dias da lua nova. Cada fase têm sete dias.

Depois, tens de escrever, lá , fui eu que te disse...!

- Está bem...- sorrindo -...eu escrevo !



A convicção do meu  amigo Reis  em cada "quarto" que cresce ou mingua, nos seus sete dias, acordou em mim a necessidade de ir ao encontro desta cumplicidade lunar...quis saber, de que modo essa influência se delineava.
Sabia que a sua atração, já desenhava as marés ou, quando em todo o seu esplendor obrigava as mulheres a dar á luz. Mas, e as plantas ?!  Como influenciava o seu desenvolvimento ?

Depois de alguma pesquisa, fiquei a atender, a relação entre a Terra, Sol e Lua...diferentes massas, que se atraem simultaneamente, umas às outras, fazendo variar essa intensidade, podendo concluir que a Lua na suas continuas viagens á volta da Terra, vai variando a sua influencia, assim como a superficie iluminada visivel se vai modificando, consoante a sua posição, e se encontre, a maior ou menor distancia do Sol.
Nesta viagem de trinta dias, ela terá sempre uma face iluminada pelo astro rei, no entanto, da terra, o que observamos depende do seu posicionamento. Podemos observa-la por completo, quando está posicionada à frente do sol, do outro lado da terra, será lua cheia.
Depois desta posição, consoante se vai movendo, e aproximando-se do sol, o angulo de visão vai-se modificando, e a superficie iluminada vai começando a ser observada de lado, diminuindo cada vez mais a area visível, sendo em determinado dia e momento, um quarto da sua superficie total, assinalando neste caso, o quarto minguante, continuando, até á invisibilidade total, que será a lua nova.

A lua nova acontece, quando ela se encontra o mais próximo possivel do sol, com a face iluminada, num frente a frente com o mesmo, de costas para a terra, deixando a noite mais escura.
Entretanto nas próximas noites, começa a afastar-se, e vamos observá-la a crescer, a redesenhar-se no céu, brevemente atingirá o quarto crescente, depois em todo o seu esplendor, lá bem longe, do outro lado da terra, a lua cheia. 

Podemos imagina-la como um espelho virado para o sol, que se vai movendo e consoante a sua posição na trajetória á volta da terra, assim vai refletindo a luz do mesmo, ora aumentando, ora diminuindo.


Da lua cheia á lua nova, vai estar cada vez mais perto do sol, e gradualmente menos visivel, será o percurso do minguante, do quarto minguante, para cultivar considera-se 4…5 dias, depois da lua cheia, até aos 2…3 dias, depois do quarto minguante.
Nesta fase, aproximando-se do sol, o poder da sua massa muito superior, vai-lhe reduzindo a  capacidade de influencia na terra.
Na lua nova, quando está mais próxima dele, e completamente escura. ela é deminuta, quase inesistente.
                                                                                   
Depois da lua nova, inicia o percurso crescente, do quarto crescente, afastando-se lentamente, começando a redesenhar-se no céu, retomando gradualmente o seu poder, com expoente máximo na lua cheia.
Nesta posição, encontra-se frente a frente com o sol, mas á maior distancia do mesmo, de um e outro lado da terra, ficando esta no centro, sofre a maior influencia de ambos.
É nos fluídos que o seu poder é exercido de forma visível,estimulando, ativando a sua circulação, colocando a vida ao rubro... despertando, ateando desejos... acelerando os partos, incitando ao desabrochar de novas vidas, fluindo a seiva, para a parte superior das plantas. Penso também, que a somar a esta estimulação, a vida vegetal será enaltecida pelo crepúsculo do luar. Esta exposição à luminosidade, também durante a noite, possibilitará maior atividade de fotossíntese, beneficiando o desenvolvimento das plantas.

Faz sentido plantar no minguante, aquando o sistema vegetativo se encontra usufruindo  momentos de tranquilidade, com a seiva circulando sem pressa, com maior afluência na parte inferior da planta, contribuindo com maior disponibilidade, para o desenvolvimento das raízes, ou semear canteiros, alfobres, de couve, alface, cebolo…tudo o que sejam plantas de folhagem, ou suscetiveis de vir a espigar, pois se forem cultivadas sob o dominio do crescente, a estimulação vegetativa, pode levar a isso mesmo, incentivá-las a um excessivo desenvolvimento e a espigar de forma prematura.
Quanto à poda, aliado ao facto de ser feita do inicio do outono ao final do inverno, aquando as arvores se encontram em repouso vegetativo, com menos seiva a circular, a ser no minguante, quando circula de forma ainda menos ativa, menor será a perda pelo corte executado.


No que respeita, à germinação de sementes,  plantio da batata, cujo sucesso depende do desenvolvimento do grelo, o Crescente parece-me ser quem mais favorece.

Entretanto, apreendi nesta cumplicidade lunar, a sua importância como parte do todo...considerando-a, sempre que possível !  




   
 





26 comentários:

  1. boa noite existe pagina no facebook?? adorei este blogge!!! e adicionei mais alguns conhecimentos agricolas á minha mente!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim...Terramanhada, tem página no facebook, obrigado !

      Eliminar
  2. acho um pouco confuso as luas uns dizem uma coisa, outra dizem outra fico sempre na duvida do semear e plantar em que lua devo fazer pode ser mais esplicito ,obrigado .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nada como exprimentares e veres o que funciona contigo ;-)

      Eliminar
  3. Sim..aparentemente, pode gerar alguma confusão...de modo geral tudo o que for para plantar, será benéfico fazê-lo no minguante,para semear, no crescente, mas se oportunidade não houver, faça-o quando tiver disponibilidade...mal maior não lhe virá !
    Espero ter ajudado.

    ResponderEliminar
  4. Ora ai estava o que procurava. Pelo que tenho vindo a constatar, a lua influencia sim nas sementeiras. Embora eu tenha que fazer como o tempo climàtico e o tempo disponivel manda.

    ResponderEliminar
  5. Gostei do seu blogue

    deixo ficar aqui um link de um calendário lunar que penso ser interessante

    http://pt.rhythmofnature.net/calendario-lunar

    Obrigado e um bem haja pela sua partilha de conhecimento.

    Joaquim

    ResponderEliminar
  6. Parabéns pelo seu blog!
    Gostaria de saber sobre a madeira de choupo o ´quer dizer a expressão (aplicada ao enxuto)
    Obrigado!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aplicada no interior da casa.

      Eliminar
  7. Parabéns pelo excelente trabalho que demonstra aqui no seu blog ! Grande blog!
    Gostaria que me informasse em que mês se pode semear os alhos!
    Obrigado!!

    ResponderEliminar
  8. Agradeço a todos o registo das felicitações pelo blog...quanto aos alhos, o Fernandes poderá encontrar toda a informação relacionada em "Pantar cebolas..alhos " no entanto acrescento que desde meados de Novembro a Março...Abril, pode cultiva-los. Abraço.

    ResponderEliminar
  9. Respondendo há questão que anónimo coloca "enxuto" quer dizer , em lugar seco...protegido de humidades. O choupo é uma excelente madeira que se pode utilizar nessas condições, nomeadamente no vigamento de casas (estrutura de vigas que suporta o telhado...teto e soalhos, visivel nas casas antigas) devido ao seu peso mais leve aquando seco e com muita durabilidade. Abraço.

    ResponderEliminar
  10. Tenho feito várias pesquisas relacionadas com agricultura e não tinha ainda encontrado resposta tão clara sobre as minhas dúvidas.
    É por esta razão que saúdo e agradeço os seus esclarecimentos.
    Vítor

    ResponderEliminar
  11. S.Sebastião, felicito-o pelo blog assim como a todos os comentadores. estou à poucos meses a cuidar de um terreno, porque é meu e estava abandonado. confesso que ando um pouco a deriva. por essa razão achar importante a generosidade com que fala do seu trabalho como a partilha dos demais comentarios. Maria

    ResponderEliminar
  12. Boas.

    Esta é uma questão controversa. Depois de muitos me terem dito o mesmo, e eu sem acreditar, fiz uma pesquisa profunda (científica, em artigos publicados em revistas científicas e com revisão por pares) e de vários que li, nenhum encontrou uma correlação directa entre as fases da lua e o crescimento, germinação ou frutificação das plantas. O mesmo (já agora, por terem aparecido artigos relacionados) em relação às grávidas e aos partos. Por isso, até à data, não existe comprovação científica dessa teoria. Aparenta ser mais um hábito passado de geração em geração por crendice e superstição. Por alguma coisa isso não é leccionado nos cursos de agronomia...

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto aqui é um blog de AGRICULTURA, qual ciência qual carapuça!!!

      Eliminar
  13. Descobri o Blogue casualmente e achei-o interessante e pormenorizado. Procurava como semear pimentos na minha varanda (tenho uns vasos livres) e ficava grato por uma dicas.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  14. Caro Ulisses, pode experimentar adquirir as pequenas plantas e plantar, embora me pareça tardio para o fazer, Março, Abril, seria os meses indicados. Por esta altura, colhem-se os pimentos ! Experimente.

    ResponderEliminar
  15. Plante feijão de vagem no primeiro dia apos a lua nova (me xingaram dizendo na lua nova não se planta) testei e foi exatamente como me ensinaram,a planta cresce com folhas viçosas,brilhante,verde escuro,e carrega muito,
    Plantei uma carreira a cada dia,mesmo adubo,água..tudo igual. A diferença era visível nas careiras principalmente nas folhas,entre o primeiro dia(verde forte escuro e brilhantes) e o sétimo (amareladas) era gritante a diferença.Na produção a mesma diferença,aqui no sul plantei em julho,vai depender do inverno,quanto mais cedo plantar melhor a produção e menor ataque de pragas(que furam as folhas e outras)

    ResponderEliminar
  16. Caro anónimo, é uma experiência interessante que irei por em prática. No entanto, após lua nova, começamos a entrar no crescente, mesmo que seja apenas um dia.
    Ao referir julho, como inverno, deduzo que se encontra no Brasil, em Portugal temos verão. Mas sim, no que respeita ás luas, podemos considerar na época correspondente ao cultivo. Um dia depois da lua nova ! Boas colheitas !
    Abraço.

    ResponderEliminar
  17. quando se plantào as abòboras ?obrigada:





    ResponderEliminar
  18. Caro Sebastião.
    Será que me pode informar por favor onde é que eu posso encontrar sementes de vagem redonda.
    Muito obrigado

    ResponderEliminar
  19. Caro Sebastião.
    Será que me pode informar por favor onde é que eu posso encontrar sementes de vagem redonda.
    Muito obrigado

    ResponderEliminar
  20. Boa noite, amigo António.
    Sementes de vagem redonda, de quê ?

    ResponderEliminar
  21. Olá! Só queria fazer uma pequena correcção!! As batatas plantam-se e não se semeiam pois não são uma semente mas sim um caule tuberculoso! Como me ensinou um professor de Ciências Naturais,as plantas plantam-se e as sementes semeiam-se.É só uma questão de esclarecimento, talvez seja um preciosismo mas sei que é o correcto. Já agora acerca das sementes de vagem redonda, em algumas regiões de Portugal Continental, quando se fala de vagens, presume-se que se fala de vagens de feijão, não sei se era isso que queria dizer o sr António Cadinha!
    Saùde para todos e boas sementeiras e plantações para terem boas colheitas!!
    João Matos

    ResponderEliminar